Aguahara

Voo aquático

Explorar as nossas capacidades dentro de água é algo muito compensador. Sentir até onde vai o poder de um relaxamento profundo, de nos entregarmos aos movimentos suaves e fluídos é altamente libertador. A sensação após uma sessão é de um enorme bem-estar. Mas não é só naquele momento que sentimos essa revitalização. Os dias que se seguem são diferentes, como se aquele voo nos levitasse durante algum tempo, nos retirasse o peso, com um conforto raro. Entre todas as terapias que existem, aguahara é das que mais explora essa tranquilidade para o corpo e para a mente.

A origem

Hara é a palavra japonesa que significa o centro de tudo, o início do movimento, o foco. Aguahara é uma técnica de terapias aquáticas desenvolvida por Alex Sieberstein. Na génese desta terapia há muito silêncio e meditação, há movimento e flutuação e há uma enorme reconexão connosco e com o ambiente que nos rodeia. Baseia-se no fluir do corpo e não tanto na pressão do toque nos músculos. Deste fluir resultam várias coisas boas: relaxamento profundo, alívio de dores musculares, leveza, regenaração do sistema nervoso ou estimulação sanguínea, entre tantas outras. Pode ser aplicada em qualquer pessoa, mesmo que não saiba nadar. As sessões são adaptadas às necessidades ou disposição de cada um. É recomendada para quem precisa de se libertar rapidamente de tensões. No LiquidZome, uma das pessoas que segue esta linha de terapia é a nossa querida Rita Malddonado. Experimentem!

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Leave A Comment

Artigos Relacionados

Dariya Kuznik

Liquid Flow

É uma das terapias que mais se baseia nos princípios e métodos do Watsu. Foi desenvolvida por dois terapeutas do Quiet Healing Center, em Auroville, na Índia, de frente para um cenário de floresta e mar, num ambiente que junta vários tratamentos complementares e alternativos, numa espécie de work in progress comunitário de diferentes áreas. Ou seja, um pequeno paraíso

Ler mais >>
Lao Marin@Liquidzome

Lao Marin

Aguahara – Dança na Água Nascida em Berlim e cidadã do mundo, Lao Marin teve o seu momento de life-changing em 2012. Acontece a muitas pessoas que têm encontros inesperados com este fascinante universo das terapias aquáticas: há um dia em que tudo muda. Desde aí tem estudado intensamente as práticas de aguahara e dança na água. Há cerca de

Ler mais >>

A magia da massagem sacro-craniana

A massagem sacro-craniana faz-se habitualmente após uma massagem normal na água, que à partida nos deixa com o relaxamento necessário para receber o bombom final. É algo um pouco inexplicável, porque só experimentando podemos sentir o que uns toques aparentemente simples alteram a nossa disposição e bem-estar. Realinhamento, despertar, abrir percepções, descansar, deixar de sentir peso e tensão facial… É

Ler mais >>
Marina Sans

Fascia e a experiência somática na água

Esta viagem começa com o encontro com Marina Sans, fundadora do Liquid Cosmos, um estilo muito particular, desenvolvido por esta deusa das águas, mestra de Aguahara e eterna curiosa sobre os mistérios que envolvem o nosso corpo. Um deles é a fascia, uma camada que é como uma rede, que se encontra em todas as partes do corpo (entre  a

Ler mais >>
Watsu Harold Dull

WATSU – terapia e reabilitação na água

Quando aplicada na água, a técnica de massagens japonesas shiatsu ganhou um novo termo: watsu. O seu criador foi Harold Dull, poeta e professor de literatura norte-americano que nos anos 1980 começou por se interessar pelo zen shiatsu e depois o aplicou na água, no ambiente das termas naturais de Harbin, na Califórnia. Num dos livros que escreveu sobre o

Ler mais >>

Ofer Rosenthal

Terapeuta – Formador Flydeeper Foi através do curso de Psicologia e Educação Especial na Universidade de Bolonha que Ofer Rosenthal chegou às terapias na água. Um estudo mais aprofundado para uma tese aproximou-o das enormes possibilidades que as terapias com golfinhos oferecem. Em simultâneo, tornou-se um praticante de mergulho livre. O Mar Morto é a sua casa, o seu templo

Ler mais >>